3.25.2014

"Isso é só o começo"

Postado por PriAliança às 08:18
"Aqui chegamos, enfim
A um ponto sem regresso
Ao começo do fim
De um longo e lento processo
Que se apressa a cada ano
Como um progresso insano"
[Lenine, Isso é só o começo]

Só os mais chegados sabem (algumas) das dificuldades que eu tive que contornar pra estar presente na formatura de meus meninos de Ipanguaçu. E só meu amor conhece de fato todas elas - porque me acompanhou passo a passo. Tem quem diga "tanto aperreio pra assistir a uma cerimônia cansativa e pra estar na aula da saudade por apenas 40min?" 

Mas meu coração diz "valeu a pena".

Em geral nem os formandos conseguem curtir uma colação de grau do começo ao fim. Eu consegui. Eu nem sabia que estava "escalada" pra entrar junto com Info4V - minha primeira vez como paraninfa, gente, desculpa! =P Mas eu me senti quase uma noiva. E ver cada ex-aluno de novo, perceber como eles estão todos mais crescidos, mais altos, mais adultos - mais bonitos! - é uma experiência que mistura orgulho e assombro. O assombro vem tanto de ver como eles cresceram como de me perceber como eu envelheci. O assombro é super legítimo. O orgulho... talvez nem seja tão legítimo assim. Orgulho de quê? De ter passado 1h30 por semana com eles por um ano e meio? Tão pouco! O que cargas d'água pode acontecer em 1h30 que seja tão relevante assim, a ponto de me fazer sentir orgulho pelo sucesso alheio?

Eu não sei, mas eu senti. E queria tirar fotos e mostrar por mundo inteiro "olha, foi meu aluno! Olha, foi minha aluna!" Desculpem, meninos, por estar pegando carona no sucesso de vocês. Não posso evitar.

E a aula da saudade pra mim foi super curta, infelizmente. Como eu disse aos meninos, eu tinha prova final pra aplicar no dia seguinte às 7h em Parnamirim. Mas eu pude ver um pouco do que eu perdi quando fui remanejada pra SGA. Pude abraçar de novo alunos com quem vivi alguns dos momentos mais (in)tensos da minha vida docente. Alunos que eu achei que me odiassem - até descobrir que eles tinham me escolhido pra ser tutora da turma (vai entender?!). Passamos por muita coisa em apenas um ano e meio. Imagine o que eles não atravessaram nos outros 2 anos e meio! Teve briga, teve amor, teve mais briga, teve apatia, teve briga, teve preocupações, teve briga, teve Paulo Freire, teve um pouco mais de briga, teve "The Freedom Writers Diary", teve briga, teve aluna sumida (que me fez passar mais tempo na sala de Assis do que na sala dos servidores, perder noites de sono, querer sacudir gente pelos braços, desejar refugiar gente na minha própria casa), teve festa, teve bolo, teve comida adoidado, teve briga, teve gravidez e... eu já mencionei as brigas? Não? Então, teve briga também.

E agora, acabou.
.
.
.
.
RÁ! PEGADINHA DO MALANDRO!

Acabou nada. "Isso é só o começo". Um novo começo com pessoas que não são mais as mesmas de 4 anos atrás. Pessoas que eu me orgulho de ter educado, ainda que só um pouquinho.

Um beijo grande da tia Pri, meninos. Qualquer coisa eu tô por aqui.


0 comentários:

 

Priscila Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review