12.18.2015

Entre o soma e a explosão

Postado por PriAliança às 19:39
Eu não sei que dia é hoje,
Eu não sei que horas são:
A Rádio Relógio saiu do ar.

Hoje eu sou Macabéa
que nada sabe nem do mundo
- de si tampouco:
Hoje eu sou moça nordestina perdida na imensidão do mundo.

Não posso ser freira porque minha fé não deixa,
Não posso ser puta porque meu corpo não me pertence,
Não posso sorrir porque não lembro onde deixei meus dentes,
Não posso chorar porque o pranto é maior que os meus olhos,

Não posso querer porque não sei o quê,

A orquestra caminha para o clímax da trilha.
Nem que chegue por meio de destinos trocados
A hora da estrela não tarda,

O soma é a explosão final da estrela morrente.

1 comentários:

Inara Romeiro disse...

Senhora que coisa linda é essa? Que talento! Bicha a senhora é dextruidora mexmo ein? Adorei as referências a "Hora da estrela".

 

Priscila Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review